domingo, 2 de dezembro de 2018

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Homenagem que recebi de Antonia Claudino



Quando recebi a mensagem da Antonia Claudino li e perguntei se o poema era dela. Depois vi a fotografia do meu livro “Sonho”, perguntei se tinha comprado. As duas respostas foram: sim. Agora lendo com calma, resolvi escrever e agradecer pela homenagem, claro, mas principalmente por você ter escrito. Quem lê pensa melhor e quem escreve pensa muitíssimo melhor. E pelo visto temos mais uma poetisa em nosso meio, o que muito me alegra. Precisamos retomar este gosto pela poesia, saber viver com vigor e compartilhar nossas criações. A evolução acontece pela evolução do pensar e isto é o que importa. Nossa! Acabou saindo um jornal. Mais uma vez obrigado Antonia Claudino pela homenagem, que de singela não tem nada.


sábado, 24 de novembro de 2018

Tudo em Versos

Sou coautor desta coletânea de poemas de poetisas e poetas do Sudoeste do Paraná.
O livro está a venda na Livraria Dalba de Francisco Beltrão.
Para outras opções de compra entre em contato fazendo o favor.

Surpresa

Surpresa

Finda o dia no último rubro.
Desaparece a paisagem na escuridão.
Sem pedir licença a noite chega
E lá se vai cada um para seu canto.

O canto do silêncio da dor
Traz lembranças de um tempo,
Daquele quando todos viviam
Alegres com suas brincadeiras.

O tempo sempre muda,
Difícil é compreender, assimilar,
Aquilo que aconteceu num instante,
Ir daqui para lá sem receio.

Enfim, todos dormiram seu cansaço,
De manhã um raio de luz passou pela janela,
Risadas eram ouvidas por todos os lados.
As crianças subindo e pulando na cama.

Surpresa...
Vamos...
Acorde.
Vem brincar com a gente.

#poema #poesia #claudioloes


Poema publicado no Jornal Opinião de Francisco Beltrão.

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Cláudio Loes, pessoas sorrindo